Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visão celestial

Reflito observando uma rosa, busco respostas no firmamento.
Eu, Epitácio de Lorca, vejo uma mulher de face cansada, incorporada pela injúria do homem, ajoelhada e chorando muito. Ela olha para o firmamento, levanta suas mãos e diz algumas palavras estranhas que eu não consigo entender.
De repente a mulher se levanta. Asas enormes surgem em suas costas. Aparentemente são seis. A mulher que tinha a pele parda e o rosto de sofrimento começa a brilhar. O brilho é muito intenso, não consigo vê-la mais. Só poço afirmar que as asas se elevam e a mulher que agora se tornou uma rajada de luz voa, indo de encontro a um planeta transcendente em seu formato e beleza. O planeta desce cada vez mais do firmamento.
(...).
K Lorca
Enviado por K Lorca em 19/09/2005
Código do texto: T51961
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
K Lorca
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
105 textos (9930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:30)