Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CHUVA

HOJE QUANDO EU ACORDEI,
OLHEI, OBSERVEI!
NÃO ENTENDI O TEMPO
O CÉU NÃO ERA MAIS AZUL
HAVIA FICADO CINZENTO
ERA SÓ MELANCOLIA
O CÉU CHORAVA, DERRAMAVA AS SUAS LÁGRIMAS CRISTALINAS

NÃO SEI SE CHORAVA DE TRISTEZA
SE CHORAVA DE DOR
OU MESMO SE CHORAVA DE ALEGRIA

SÓ SEI QUE EU TAMBEM CHOREI,
AS LÁGRIMAS PELO MEU ROSTO CORRIAM
MAIS EU CHOREI NÃO DE DOR
NÃO DE TRISTEZA
CHOREI DE ALEGRIA...
POR PODER VER
E CONTEMPLAR ALGO TÃO SUBLÍME...
DIVINO...
DONO DA MAIS GRANDIOSA BELEZA

CHOREI POR SER PRIVILÉGIADO
DE OBSERVAR O CHORO
O LAMENTO DA MÃE NATUREZA,
A CHUVA..........


19/09/05.
HELIOS TAN
Enviado por HELIOS TAN em 24/09/2005
Reeditado em 29/03/2009
Código do texto: T53484
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HELIOS TAN
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
1379 textos (39737 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:14)
HELIOS TAN