Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda o trem...

Distancio-me da estação. Caminhos cicatrizados nos solos vulneráveis não apresentam novos horizontes. Atravesso pontes quase virgens, desbravo uma natureza selvagem esquecida da civilização, trilho, não paro... Lareiras de sonhos, noites sob céus distintos, dias encarrilhados numa sucessão de vir a ser e amanhecer... Por instantes, sinto sair dos trilhos e perder o rumo na devastada lembrança de tantas paisagens, sinto-me reter nos passados dormentes. Desprendo-me, mas, com um nó atado no silêncio, continuo o trajeto com os olhos nublados sem saber para onde...
Helena Sut
Enviado por Helena Sut em 28/09/2005
Código do texto: T54509
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Sut
Curitiba - Paraná - Brasil, 47 anos
614 textos (789944 leituras)
2 áudios (1258 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:16)
Helena Sut

Site do Escritor