Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noturno

A noite invade meu ventre em contrações. O sono não acompanha as fantasias amadurecidas. Recordações... A realidade subverte o tempo, sobrepõe o gozo vivido no corpo sozinho e abre a contínua presença sobre as faces de um espelho ausente. Um olhar na janela espreita minhas memórias na expectativa de um amanhã e traz as palpitações no brilho do primeiro instante. Anoiteço num firmamento de sonhos e descanso na constância de um sorriso adormecido...
 
Helena Sut
Enviado por Helena Sut em 02/10/2005
Reeditado em 03/10/2005
Código do texto: T55906
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Sut
Curitiba - Paraná - Brasil, 47 anos
614 textos (789949 leituras)
2 áudios (1258 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:20)
Helena Sut

Site do Escritor