Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALIMENTAÇÃO DA MINHA VIDA

ALIMENTAÇÃO DA MINHA VIDA

Alimento minha vida com livros, sonhos, devaneios e utopias. Minha loucura pode estar obesa, mas com certeza é uma beleza que todos adoram e aderiram. Não quero morrer e sim viver consubstancialmente. A vida é maravilhosa, gloriosa, deliciosa, visto que, os momentos em sua maioria são de felicidade e através dela o amor se revigora e embeleza milhões de corações.

São páginas e páginas, séculos e séculos, vidas e vidas, de amores que jamais se vão. O mundo da razão está em nosso coração, à especulação jamais deixará de existir porque o mundo também pertence aos curiosos. O ceticismo e o ateísmo não fazem parte da minha vida e longe deles quero ficar.

Ouço músicas e nelas encontro a nossa salutar história na composição e nas letras que formam as belas melodias. Você precisa agora cuidar da sua vida como se fosse a minha, pois se você cair; cairei com você, mas isso jamais irá acontecer, pois quem ama segura, agarra com todas as forças do mundo. Nosso amor é profundo, eterno e emoldurado com brilhantes que enriquece o nosso planeta, a Terra e os mais diversos e longínquos rincões.
 
Tenho uma vontade incontida e um amor a explorar, no entanto, os encantos, as belezas reluzem em escalada forte como se um rasgo me ferisse, e os véus dentro de mim perdessem o brilho, o encantamento, e eu passasse a sofrer essa profunda transformação, visto que veias abertas dentro do meu coração podem formar um vendaval de esteios, como se fossem bordados emoldurados por meu sangue que percorre o corpo formando um ciclo esplendoroso chamado vida que Deus nos proporciona e devemos conservar.

Meu sangue num vai e vem se transforma em uma dança fenomenal, é o combustível da vida que saneia todo o corpo formando uma espécie de riacho que no altar dos deuses seria uma divindade em esplendor de um vermelho multicor. Eu sempre afirmo no começo ou no final de cada conversa, de cada diálogo: Cuida-te meu bem. O meu coração palpitando faz com que eu possa dizer: cuida de mim, por favor, pois meu eu está em você, eu sei, eu acredito meu bem querer e o resto será senões.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- FORTALEZA/CEARÁ
Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 17/02/2017
Código do texto: T5915631
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2178 textos (783533 leituras)
1 e-livros (162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/17 09:04)
Paivinhajornalista