Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Imagem relacionada

Desencontros  no encontro...
A fuga, o medo, não importa,

Quando os sentidos fogem dos confrontos.
A poesia dorme... não suporta
O  reflexo,  as agruras em cada ponto.
De ti, as marcas indeléveis
Em mim, por momentos tão breves,
O despertar  para os antigos rumos.
Desencontros... que pena!
Indesejáveis!
Mas o sonho quebrado é consolável
sem esperas e promessas.
Em mim, o caminho anda depressa...
Tem pressa
De retornar ao seu recôndito.
Volta pela estrada percorrida
sem novos contornos, aguerrida,
Digladiando com o tempo.
Em ti, o percurso é o mesmo...
Em mim, ainda caminha a esmo
Buscando um ponto de chegada...
Que triste! Nem houve partida!
Nos encontros, desencontros
A fuga, o medo...Onde a coragem?
Passagens forjadas
Sem o consenso
de emoções e sentimentos.
Sonhos quebrados...Onde a miragem?
A poesia dormente incompleta
E eu...ah! Quem sou,
sem as rimas da minha canção dileta?

 Resultado de imagem para imagens misticas lindas
 NAJET....UBERLANDIA, MG.
20/03/2017
 


22/03/2017 08:38 - INTERAÇÃO DE Marcus Rios

"Queria tanto que o nosso encontro fosse como num conto de fadas, ou numa simples poesia de amor."

OBRIGADA, POETA! LINDA COMPLEMENTAÇÃO AO MEU ENREDO.
-.-.-.-.-.-.-.-
Najet Cury
Enviado por Najet Cury em 21/03/2017
Reeditado em 23/03/2017
Código do texto: T5947341
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Najet Cury
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
327 textos (7425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/17 21:22)
Najet Cury