Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAVALGANDO NA DESESPERANÇA

.


O momento era inacreditável.
De repente sentia-se como uma espécie de Dom Quixote perdido no mundo. Sem escudeiro, sem lança e sem cavalo...
Moinhos haviam triturado todos os seus sonhos e projetos de vida...
A seu lado esquerdo a tristeza e o desamparo o acompanhavam de braços- dados.
Caminhava sem destino por uma estrada sem chão.
A poeira da desesperança embaraçava sua visão mas aos poucos foi-se esvanecendo quando percebeu que a resignação e a esperança estavam à beira da estrada.
 Perguntaram se podiam acompanhá-lo. Comovidamente agradeceu.
Nessa trajetória avistou na linha do horizonte uma pequena réstia de sol que aos poucos foi crescendo, crescendo, avolumando-se até transformar sua existência num belo e radiante amanhecer.
Foi nesse momento que então se deu conta que a tristeza e o desamparo haviam desaparecido.
Gilberto Stone
Enviado por Gilberto Stone em 19/05/2017
Código do texto: T6003775
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto Stone
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 78 anos
526 textos (65923 leituras)
3 áudios (131 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/05/17 22:45)
Gilberto Stone