Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 




Temporais e outra coisa

Uma lágrima se misturou aos pingos da chuva 
No temporal a lágrima derradeira misturou-se 
A tempestade carregou consigo todo o lamento 
A água que caiu do céu banhou toda a essência 
Correu pelas ruas e avenidas a lágrima doída 
Vazou pela enxurrada o que esteve além demais 
Ocorreu uma tempestade que foi notícia triste 
Nem tantos estão preparados para uma tempestade 
A natureza é soberana tanto quanto o tempo 
Muitos choraram e choram por causa dos temporais 
Foi chorada a lágrima tão dolorosa quanto as alheias 
Estão retirando literalmente a lama das casas 
Quem se despediu daquela lágrima está em reforma
Não há inocentes pelos estragos causados pela chuva 
Todos são responsáveis pelo abuso da natureza 
Infelizmente outros desastres ocorrerão e serão piores 
Não se joga lixo onde não se deve; uma lógica ignorada 
Não se ousa mexer com o equilíbrio; desastre óbvio 
A consciência implora para ser usada por todos 
É imprescindível cessar irresponsabilidades já 
Também é preciso não ser um ímã de escombro emocional 
Nem natureza e nem tempo serão alterados como se deseja
Ação e reação é uma fórmula real, justa e imutável 
A lágrima mortal, misturada a chuva, foi ser outra coisa
Rose Stteffen
Enviado por Rose Stteffen em 08/10/2017
Código do texto: T6136758
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Stteffen
São Paulo - São Paulo - Brasil
1354 textos (177904 leituras)
16 áudios (1765 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 23:31)
Rose Stteffen