Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MAR SALGADO E OUTRAS LONJURAS

Começando os albores do frio por aí? Aqui no Pago Grande do Sul do Brasil, à beira-mar, na cidade de Torres, norte do Estado, primavera, algum vento e esparsas chuvas, 22º de temperatura. O coração taquicárdico e afoito teima em visualizar Portugal com seus castelos e as teimosas veredas pedregosas de Trás-os-Montes. O mesmo vício poético de Miguel Torga, o médico socialista, culto e sábio. Seu verso ora gume ora flor. Sempre o bravio agreste de um cabrito montês. Talvez porque ontem acabei de reler Câmara Ardente, de Miguel. Talvez por querer brincar nos cascalhos de Carrazedo de Montenegro com os meninos e meninas fugados da globalização e besuntados do morno suor regional na faina diária ou na festa singela do Divino nos salões da Irmandade. Num repente, Alberto Caieiro, um dos alter egos de Fernando Pessoa sopra aos meus ouvidos o vento lusitano das ervas daninhas e sacode urzes nas agrestes raízes de sonhos e farsas de além-mar. E reboa nos neurônios o “pensar é estar doente dos olhos”... Estou começando a sentir necessidade de rebuscar o cordão umbilical metido no territorial de minha ancestralidade. Começo a viajar nas dependências onde moram Dom Sebastião e o mal salgado de lonjuras. E aumenta mais e mais o desejo de mamar nos seios da Pátria-mãe. Salve! Que o Atlântico não nos disperse, irmãos de alma crística. Hosanas ao Absoluto, meu bom amigo poeta Tony Alves!

– Do livro A VERTENTE INSENSATA, 2017.
http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/6137088
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 09/10/2017
Reeditado em 09/10/2017
Código do texto: T6137088
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
2878 textos (771366 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 23:29)
Joaquim Moncks