Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filial do Paraíso

Alguns dia atrás passei por um lugar onde vendiam-se remédios. Remédios para melhorar a nossa saúde. Feitos para serem exclusivos.
Até esse dia, pensava que eram feitos por pessoas comuns, assim como eu, mas, ao olhar para dentro do recinto, eis que percebo minha insignificância: ali era um pedaço do Céu na terra.
Olhei para os lados para ver se as outras pessoas compartilhavam da mesma visão que eu. Não. Indiferentes, as pessoas só se preocupavam em chegar logo em casa a tempo de assistir à novela. Ninguém se interessou em gastar alguns instantes para apreciar a filial do Paraíso aqui, entre os pecadores.
Será que só eu fui agraciado com este presente Celestial? Será que era um sonho, um delírio? Não! Não posso acreditar nisso! Mas, pensando bem, como saber se realmente vi esta pintura que nem Leonardo, nem Vincent foram capazes de sintetizar em sua maravilhosa tela? Simples: é por que vi um Anjo. Um Anjo todo vestido de branco. Ele era lindo. Seu brilho fazia iluminar tudo à sua volta. Ele era... VOCÊ!
Gabriel Gabe Jurke
Enviado por Gabriel Gabe Jurke em 21/10/2005
Código do texto: T62021
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gabriel Gabe Jurke
Curitiba - Paraná - Brasil, 30 anos
77 textos (4617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:33)
Gabriel Gabe Jurke