Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO...

AMIGA... COMPANHEIRA!
ABANDONO-TE,
NÃO ABANDONA-ME
VOLTEI!...
CORAÇÃO TAVA VAZIO DE TI
MAS TU PREENCHE-ME
TRANSBORDA-ME, NOVAMENTE...
MEU PEITO, FAZ USINA DE TI.
TRANSBORDA-ME...
ENXARCA MEUS PÉS
SOBE CANELA E COXA
MINHA FELICIDADE
ANIQUILE-A
FAZ DELA MATÉRIA PRIMA
TRANBORDA-ME...
JÁ CHEGOU À CINTURA
ATINGIU O TÓRAX
COMPLETOU-ME...
AGORA, PREENCHIDO DE TI
MINHA BOCA VOMITA-TE
REGURGITA PALAVRAS DE SOLIDÃO
IMUNDA TAMBÉM MEU ESPAÇO
DEMOCRÁTICA, ABSORVE TUDO
MEUS OLHOS TRISTES A LIBERTA
CONSOME TUDO, PENETRA
NOS CORAÇÕES DESAVISADOS
SOLIDÃO AMIGA...
SOU SUA DONA,
TU ES MINHA DAMA
PACIENCIOSA... ESPEROU-ME
MINHA FELICIDADE?...
FOI SÓ UMA QUIMERA
VOLTEI-ME A TI
ACABOU TUA ESPERA.


Ronaldinhho - Uberlândia/MG - (30/08/2007) -
Poeta Mineiro
Enviado por Poeta Mineiro em 30/08/2007
Reeditado em 06/09/2007
Código do texto: T631032
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Mineiro
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 57 anos
378 textos (29461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 06:26)
Poeta Mineiro