Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem sou Eu?


Perguntar é fácil.

            Responder, impossível.

            Uma metamorfose inconstante.

            Um punhado de átomos.

            Hormônios em descontrução.

            Um ser biológico, escatológico, cadente e decaindo.

            Sou um astro, um universo, um paralelepípedo orgânico.

            Sou um número, muitos números, um cadastro, uma ficha e a peça de um quadro.

            Alguém me chama de pai.

            Pai?

            Palavra estranha que me abala as entranhas.

            Um ente divide a cama.

            Uma querida, uma alma, outra vida.

            Ainda me lembro do primeiro encontro, do beijo e das juras (não cumpridas) de amor.

            Fiquei na saudade.

            Mergulho no meu eu e pergunto: quem sou?

            Vem uma voz, adúltera, e responde: eco-eco-eco...

            Procuro conversar com um Deus e me converter a ele.

            Sento na beirada da cama, antes fosse um abismo.

            Vejo na profundidade uma estrela, um poema, um verso.

            Caminho por aquele céu inverso.

            Estou em sonho, estou em riso, estou em pranto.

            Fico na espera, recostado a um poste e vem um ônibus.

            Aceno e ele para.

            São todos os passageiros reflexos do meu eu,

            Nas minhas várias fases,

            Desde a tenra idade.

            Sento-me ao lado do meu Eu de 8 anos.

            Quer doce?

            Ele me conta dos seus sonhos e planos.

            Eu choro em silêncio pelo que sei que não realizará.

            No fundo do veículo um velho Eu de 80 anos me acena.

            Aproximo-me.

            Ele me afaga em seus braços como um pai faria.

            Entrego-me àquele embalo e o ônibus segue em frente,

            Atravessando chuvas, rios, colinas e paragens hostis.

            O veículo não se detém por nada.

            E ali estou, a viajar pelo universo, em busca de uma resposta...

Jurandir Araguaia
Enviado por Jurandir Araguaia em 31/08/2007
Código do texto: T632410
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jurandir Araguaia é escritor goiano e publica regularmente no sítio:http://www.jurandiraraguaia.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jurandir Araguaia
Goiânia - Goiás - Brasil
913 textos (83924 leituras)
6 áudios (93 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 11:19)
Jurandir Araguaia