Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Números (por)/(em) palavras

A Literatura é perfeita, por unanimidade, mas a Matemática também tem sua beleza. Se soubermos usá-las, ambas podem ser nossas aliadas. Eu, por exemplo, gosto quando meus resultados são precisos. Amo as palavras, mas é igualmente bom quando os números resolvem sorrir para mim.
É, por mais que eu negue, minha vida é uma equação. Eu sou a variável, acompanhada de diversas incógnitas, precisando de uma solução – nem sempre exata. Mas é como dizem: o importante é tentar. Sempre, sempre.
Cheguei à conclusão de que tudo o que aprendemos de bom durante a vida pode, um dia, ser usado a nosso favor, quando a gente menos espera, num momento oportuno... E enquanto esse dia não chega... viva a Matemática! E que a Literatura nunca deixe de ser sagrada.

Escrito em 01/09/07.
Joyce Amorim
Enviado por Joyce Amorim em 02/09/2007
Reeditado em 16/12/2011
Código do texto: T634662
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Joyce Amorim e o site http://www.recantodasletras.com.br/autores/joyceglenda). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joyce Amorim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
141 textos (15762 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 02:05)
Joyce Amorim