Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Realidade"

   
    "Abro a janela da alma, expondo sentimentos, meu pensamento corre
solto por labirintos sem saída. Quero me desfazer das ilusões, matando enganos, deixando comigo só as boas lembranças. Tirar do meu corpo o cansaço e percorrer suavemente a estrada que me resta, à procura da felicidade. Porém ainda posso sentir seu perfume, ainda que vago, a
fazer-me companhia nas noites claras de luar, tudo com antes e isso me martiriza. Vejo também seu vulto, vagando entre as nuvens indolentes que encobrem o sol e isso também me dá calafrios de desesperança, pois sei que não mais existes em meu viver.
     Solitária , uma lágrima teimosa cisma em descer pelo meu rosto, mas já não tenho a ansiedade da espera e nem o temor da ausência!
                   
         07/09/07   **Marilda**
Marilda Lavienrose
Enviado por Marilda Lavienrose em 07/09/2007
Reeditado em 22/07/2014
Código do texto: T642229
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilda Lavienrose
Campinas - São Paulo - Brasil
1644 textos (80804 leituras)
41 áudios (2915 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:11)
Marilda Lavienrose