Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOI-SE EMBORA O ZIGOTO

Parecia tenso o arvoredo
Achou de engolir todo vento
À época do casamento.

Ao sentir do alpendre o fremir
Pôs à vista, grumosa papa
Fertilizando opaca cruz.

A estaca ao esgoto
Câmbio do caldo pelo xixi...

Hoje, sorri.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 08/09/2007
Reeditado em 13/05/2008
Código do texto: T643167

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
732 textos (34318 leituras)
1 e-livros (249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:58)
Cesar Poletto