Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentimentos - Marilda de Almeida

Sentimentos

Marilda de Almeida

Sou carinho, sou amor, sou lua,

em todas as estações sou tua.

A flor do campo que teimou em

crescer entre as pedras do caminho.

Sou ternura, sou perfume de jasmim.

Sou estrelas a brilhar em noites de luar.

Sou a doce ilusão que não perdeu a esperança.

Sou um caminho sem começo, mas que

conheço o seu fim.

Sou a inocência e o sorriso largo da criança

que mora dentro de mim.

Sou a relva do campo, orvalhada depois

de uma noite fria de inverno.

Sou o sol que aquece e seca o orvalho da madrugada.

Sou a saudade, do calor do teu abraço.

Sou a chuva fina, batendo em minha vidraça.

Sou a primavera a florir, para os beija-flores seduzir.

Sou o canto dos pássaros, que enfeitam o meu jardim.


Enfim sou carinho, sou amor, sentimentos sem fim.


Marilda.

03/08/2007
Marilda de Almeida
Enviado por Marilda de Almeida em 08/09/2007
Código do texto: T644278
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilda de Almeida
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 58 anos
72 textos (2501 leituras)
1 e-livros (138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:20)
Marilda de Almeida