Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIRISMO AO AMOR

                                   LÍRISMO AO AMOR

Hoje e somente hoje, ao fazer cair meu corpo sobre o leito e no silêncio desta noite, não pensarei nesse teu corpo lindo.
Não pensarei nesse sorriso largo e no amor infindo.
Não pensarei nas curvas que a pródiga natureza te concedeu.
Eu me permitirei, que apenas em sonho, possa repousar em algum ponto dessas curvas, esquecendo-me nesse dado instante, que estarei entregue aos braços de Morfeu.
E poderei ver que a brancura do teu corpo é como o clarão da lua em noites frias e silenciosas, espalhando o prateado de seus raios fulgurantes.
Os teus olhos negros e cintilantes, me fazerem temerários da certeza desse amor.
Hoje e somente hoje dormirei sem o pavor da perda, sem inspirar o perfume que exalam teus cabelos.
Só por hoje... O amanhã quem sabe, tudo mudará e talvez o hoje, seja apenas lembranças de uma mente já cansada e esquecida.

                                Rio, 10 de setembro de 2007.
                                   Feitosa dos Santos, A.
Feitosa dos Santos
Enviado por Feitosa dos Santos em 10/09/2007
Código do texto: T646203
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Regra para USO: citar autoria de Feitosa dos Santos e o Site www.recantodasletras.uol.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Feitosa dos Santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1391 textos (68108 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 01:22)
Feitosa dos Santos