Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amores da adolescência.


Vivi com intensidade.
Gotas de bondade e rios de maldades.
Nunca me intimidei com a falsidade.
Perdi combates para não usar as mesmas armas.

Refugiei-me com a brisa
Ouvindo as ondas do mar.
Pescando num belo riacho.
Lugares onde se curam feridas.

Somos egoístas extremos.
Flechamos com mentiras.
Atiramos com boatos.
Vivemos por debaixo dos panos.

Reis dos sentimentos distorcidos:
Aquilo que se devia apenas admirar.
Formado apenas por estar...
Vira posse e vai para a justiça.

Ah!  Amor espontâneo – amores da adolescência.
Constelação de estrelas na galáxia da inocência...
Saudades...

www.jaederwiler.webpagina.com.br
jaeder wiler
Enviado por jaeder wiler em 12/09/2007
Reeditado em 20/09/2007
Código do texto: T648625
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jaeder wiler
Mantena - Minas Gerais - Brasil
370 textos (17678 leituras)
9 e-livros (8156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 22:12)
jaeder wiler