Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOLTAR ATRÁS.

Redundante pode até parecer.
Todavia, é indubitavelmente ato não covarde.
Evidenciado no enfrentamento dos temores e
Na reavaliação dos passos que foram dados
É reencontro com o que ficou no enlaço.

É sobre tudo, uma grandeza de caráter.
Manifesta no rebuscamento do que se fez em pedaços.
E que se sobreleva na investida de indispensáveis reinícios.

Voltar atrás.
Antes que todos os rastros possam se desfazer,
Perdendo-se, então, a oportunidade, presente, de ressarcimentos.
A espreitar o futuro está, e, incisivo cobrará, os descuidos do começo.
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 13/09/2007
Reeditado em 14/09/2007
Código do texto: T650835

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 52 anos
485 textos (16474 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 22:50)
Cláudia Célia Lima do Nascimento