Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PARÁBOLA DO APRENDIZ FAMINTO

Um aprendiz faminto foi ao mestre e ponderou:
“Ouso afirmar que quero dinheiro
para ser feliz. Insisto, diga-me: será que estou
errado por almejar, ter primeiro
algumas condições financeiras bem equilibradas,
para conseguir entender as lições complicadas
que estou a ‘digerir,’ sem alimentações adequadas?”.
E de supetão, o professor respondeu
aquela questão do seu pupilo plebeu:
”Dinheiro primeiro? Duvida que a vida,
sem paz nem saúde, é bem mais rude,
cara e dispara ‘inflação’ no coração?
Arroz agora ou depois? Feijão por fora da mão?
Algum jejum forçado é errado.
Dinheiro primeiro, afinal, não é um mal.
Mas, a paz, a saúde, a virtude,
em geral têm o fundamental.
Sem ser radical, o poder do capital
financeiro é certeiro ou um bocado
errado e desequilibrado.
Depende do que empreende.
Mas, saber agir, tu hás de convir,
e usar sem abusar das finanças, trará esperanças
em dias de alegrias financeiras verdadeiras,
saudáveis, louváveis, com louvor ao dom do amor
desapegado, desinteressado, bem trabalhado,
além de remunerado...
Um verdadeiro bem é a virtude,
atrás da paz, aprendiz.
Ter dinheiro sem fé nem saúde,
é ser incapaz e infeliz...”.
Depois da explicação,
o aprendiz degustou um banquete “promissor”
(arroz com ovo e feijão)
e se sentiu feliz, para o deleite do professor...
Moral da história: Ser feliz,
sem ter dinheiro, é o dom de abençoadas criaturas.
A triunfal vitória do aprendiz
é querer primeiro entender as Sagradas Escrituras.

Paulo Marcelo Braga
20/09/2007
(05 horas e 20 minutos).



Paulo Marcelo Braga
Enviado por Paulo Marcelo Braga em 21/09/2007
Reeditado em 15/10/2007
Código do texto: T661590
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
A PARÁBOLA DO APRENDIZ FAMINTO - Paulo Marcelo Braga
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Marcelo Braga
Belém - Pará - Brasil, 53 anos
159 textos (34785 leituras)
102 áudios (17984 audições)
5 e-livros (5204 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:27)
Paulo Marcelo Braga