Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diálogos com o silêncio





No silêncio
converso com minha alma
(Quão misterioso é este outro meu ser!
Por que não ser mais simples?)
Mas bom é quando nos abraçamos
com o devaneio que brota
nas interrogações do olhar
Trazemos as inspirações
para o concreto
Então, tudo acaba
(a lógica, o raciocínio estereotipado)
Renovamos diálogos
mas o pensamento segue inquieto
a processar as emoções íntimas
(que não se importam com as punhaladas
vindas de todos os lados...
por que sempre é preciso enfrentar a dor?)
Tudo é diferente... parece
Até que nos deparamos com o momento
em que nos damos conta
de que somos
sempre os mesmos
sempre iguais
lilu
Enviado por lilu em 21/09/2007
Código do texto: T662698
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lilu
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
889 textos (355247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 17:11)
lilu