Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"Sem título"

Nego ainda, com a força maior, que amo! Nunca, é ainda tempo demais para amá-lo, pois tenho, na certeza deste sentimento, a minha própria inércia.

Como não sou mulher que na passividade vive, negarei o que sinto. E para não me perder ainda mais, digo que o que sinto é apenas tesão. Destes que assolam a alma. Tudo, menos amor.

Porque o seu amor deve doer, deve tornar insano o mais lúcido humano. Se já incomodo com minha austeridade aparente, imagine se assumir que realmente “te amo”? Não, jamais, nunca, é impossível amá-lo. Portanto, eu NÃO te amo.
Anita Fogacci
Enviado por Anita Fogacci em 23/09/2007
Reeditado em 10/01/2008
Código do texto: T665565

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anita). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anita Fogacci
Cabreúva - São Paulo - Brasil, 44 anos
532 textos (38717 leituras)
1 e-livros (263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 17:08)
Anita Fogacci