Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETERNAS LEMBRANÇAS

Os guardados amarrotados,estão na escrivaninha,
Amarelados pelo tempo e de caducos rabiscos.
Estão ali,no velho armário de madeira pesada.
Roídos pela saudade,
Engolidos pelo frio da sala.
As silenciosas paredes sombream os traços,
Vestem as lembranças e relembram o passado.
Os livros na estante têm um cheiro marcante,
Misturado ao cheiro das traças,
Que traçam os meus últimos desejos.
Quando chega a madrugada,recosto o meu corpo
E revivo essas linhas.
Sinto o frescor dos anos,
O calor dos teus beijos,
O brilho da juventude.
Na acolhedora sala,
Nos braços da solidão fico esquecida,
Mas nas letras desbotadas me agasalho.
Espalho todos os achados e sofro,
Um sofrer gostoso de um amor ausente,
Que se faz presente nas páginas relidas
E no quadro de Picasso esquecido na parede.
Ecila Yleus
Enviado por Ecila Yleus em 24/09/2007
Reeditado em 28/05/2008
Código do texto: T666493

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ecila Yleus). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ecila Yleus
Recife - Pernambuco - Brasil, 64 anos
328 textos (10436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 06:13)
Ecila Yleus