Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"Amor em prosa"

Regida pelo dúbio astro e conduzida por Zéfiros, que se faz ao avesso cúpido, destôo feito prosa a minha sina:

Sou um candeeiro em assunção;
Pecado em sono sereno.
Sou a brevidade do prazer
Eternizada no desejo.
Sou esfera, fera, pantera:
Ruborizada, mas desnuda!
Sou verso ao reverso
A oposição desmedida
Sem regras, construída.
Sou prosa poesia.
Sou poesia prosa:
Isso. Sou prosa poética.


Anita Fogacci
Enviado por Anita Fogacci em 25/09/2007
Reeditado em 10/01/2008
Código do texto: T668597

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anita). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anita Fogacci
Cabreúva - São Paulo - Brasil, 44 anos
532 textos (38715 leituras)
1 e-livros (263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:13)
Anita Fogacci