Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mundo visto pelos meus olhos

Desde cedo vi o mundo pelos teus olhos
De pequenina vi o horizonte cheio de cores
E o teu mundo distorcido da realidade
Borboletas dançando
Com baús no fundo do arco-íris
Desde cedo nadei no teu oceano
Dependente
Iludida da verdade
Sobre o muro da vertigem
Da decência
Do ser pragmático…
Cresci à força
Anestesiada, acolhida por ti
Refugiada deste universo tão cheio de outras coisas
Em que a tempestade é um dado adquirido
E chove inúmeras vezes sem segredos
E os meus olhos se reflectem de cinza do céu…
Já no entardecer te foste
Sem um abraço, sem um beijo
Sobre a ausência da palavra
E do ensinamento da vida
O sol deixou de reflectir no meu jardim
E chove todos os dias
Desde que vejo o mundo pelos meus olhos

Joana Sousa Freitas
Enviado por Joana Sousa Freitas em 03/11/2005
Código do texto: T66941
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joana Sousa Freitas
Portugal, 40 anos
118 textos (7241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:42)
Joana Sousa Freitas