Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pegadas quase apagadas


Pegadas me fazem rumar para um destino desconhecido, que mesmo sem provar, deduzo o sabor: amargo, insosso, que me farão ter belas recordações do maravilhoso mundo que pretendia construir.
As mesmas pegadas que insistem para que eu as siga, já foram insistentemente mais fortes um dia com meus antepassados, mas com o tempo e minha persistência foram se apagando.
Minha pessoa finge, mente, faz promessas falsas de que irá segui-las, até mesmo existe um outro eu dentro de mim que se conforma em fazer as mesmas pegadas... mas minha real personalidade não o deixa se mover, não o deixa dar sequer um passo.
Confusas as pegadas fingem não saber o que pretendo, e minha pessoa finge não saber que as pegadas sabem que quero deixar minhas próprias pegadas em um solo que admiro e contemplo antes mesmo de descobrir que podia andar sozinho.

Douglas Tedesco – 01/2004
Douglas Tedesco
Enviado por Douglas Tedesco em 28/09/2007
Código do texto: T672115
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Tedesco
Tijucas - Santa Catarina - Brasil
319 textos (57289 leituras)
35 áudios (2920 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:35)
Douglas Tedesco