Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A morte



Passou-me ao lado esta noite
Devagar...Devagarinho...
D passos lentos e pequenos
Subtilmente para que não ouvisse....
Sentou-se do meu lado esta noite
Enquanto a lua iluminava a janela
E me encaixava em si
Devagar...Devagarinho
Para que eu não despertasse....
Passou-me a mão pelo rosto
Misturando o sangue no meu cabelo
Formulando uma só cor...
Deitou-se do meu lado um segundo
Sorrio-me e eu não vi....
Passou-me ao lado esta noite
Enquanto a madrugada caía na alma
E num reflexo se foi...
Era minha esta hora, somente minha, de mais ninguém.
Não era o segundo que faltava para me levar consigo.
Não era o final do meu silêncio...
Nem o auge da minha solidão
Devagarinho eu fiquei
Abençoada por ti
Que na lua me protegia
Além mar, além terra...
Era ainda mais um dia...Mais uma vida,
Mais uma noite adormecida
Despertada por uma sombra
Que eu não vi...Senti!
Joana Sousa Freitas
Enviado por Joana Sousa Freitas em 04/11/2005
Código do texto: T67312
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joana Sousa Freitas
Portugal, 40 anos
118 textos (7239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:37)
Joana Sousa Freitas