Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Big Mac




Big Mac
=======ErdoBastos



As palavras que nasciam na garganta dela rodopiavam, piruetavam no ar e iam parar na boca dele... Ela - sempre um passo atrás do pensamento dele - sempre um segundo atrasada, em cada palavra repetia o som de “eu te amo, eu te amo, eu te amo...”

Todas as palavras eram sempre as mesmas, palavras não ditas e que ela sentia ficarem flutuando entre os dois, como a poeira do passado quando sopra um ventinho e a remexe, a faz ficar flanando.

Algumas palavras ficam orbitando os ouvidos da gente e se repetindo, antes de se auto-destruirem.

Como as da última frase dele:

- Adeus, amor.

Uma frase curta. Tinha de ser.
Não por ironia, mas pra combinar com o tempo que ficaram juntos, tão pouco, tão pequeno. E vinda dele, a ela lhe parecia um discurso.

Olhos nos olhos, ela rebate com uma frase mais longa:

- Nada, além desta tua frase besta, começa com adeus ou termina com amor.

Sente um alívio. Pode discordar, afinal, de algo vindo dele.
Sentiu vontade de sentir-se ela de novo, de fazer o que gosta, simplesmente, sem “votação”.

Virando as costas pra não vê-lo nunca mais, foi andando sozinha e rindo consigo mesma, na direção do MacDonald’s.



ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 30/09/2007
Código do texto: T674271

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (37741 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 05:32)
ErdoBastos