Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CADELA CARÍCIA

Teus olhos são tapetes voadores nos quais viajo docemente. Circunscrito a espaço e tempo caminho por insubmissos roteiros. E o pensamento late.

É um cão faminto o corpo sedento de canções e chuvas. A música é o repique arterial que bombeia o sangue dançarino no corpo inesgotado de andar.

Em todos os amantes há um pássaro cantor.

Nem mesmo a soma de todas gaiolas do mundo conseguirão guardar o canto de um único pássaro triste.

E se é alegre o canto, asas voam mais e melhor e não há destino certo.

Os teus olhos verdes, neste recantar de cílios e pálpebras, é o rouxinol do dia, a terna solitude da vertente no canto da lágrima envergonhada de soltar amarras.

A barcarola nos canais de Veneza – lá onde permeia o amante em trágicos passeios de amor e ódio – torna tímido o espírito para o mergulho nunca definitivo, mas sempre derradeiramente profundo.

E o cão Pensamento acaba caçado por vira-latas. Aquelas buliçosas algaravias que de muito sabe, por estripulias noturnas.

Cães de raça passeiam no parque e mijam a grama do Rei.

O amor tange a sua secular linguagem e tudo é mágico como o tempo sumindo nas madrugadas de relvas e suspiros.
 
A cadela Carícia tem o meu e o teu nome e também demarca com urina o território da posse.

– Do livro EU MENINO GRANDE, 2006 / 2008.
http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/679173
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 03/10/2007
Reeditado em 21/09/2008
Código do texto: T679173
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2776 textos (755028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:04)
Joaquim Moncks