Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"Ilegalidade soberana"

Enquanto ao seu corpo me aninhava, meus sentidos; já descontrolados, emergiam em ações e reações (des) compassadas. Revesti-me da soberania e reinei sobre ti, imputei todo meu degredo ao revés e sucumbi por ti; hoje merecedor do meu devoto desejo, da minha desvairada sedução e do meu eterno castigo.

É hoje por ti meu louvor material, carnal. Em que tal essência viciosa me desalentou. Rendi-me, entregue estou em corpo e de alma ensurdecida pelo seu teso desejo.

Logra-me, em devasso amor; do impuro lado que me incita e estimula. Repito, em revoada loucura: quero-te no discernimento incorreto, na doutrina ilícita e no ilegal comportamento.

E na minha ilegítima serenidade; em constante mutação, revelo-me rainha de reino definido, cujo rei reina: sem manto, sem coroa e sem trono! Mas é soberano em meu ventre e único cabível em meu leito.

Anita Fogacci
Enviado por Anita Fogacci em 05/10/2007
Reeditado em 10/01/2008
Código do texto: T682480

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anita). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anita Fogacci
Cabreúva - São Paulo - Brasil, 44 anos
532 textos (38716 leituras)
1 e-livros (263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 10:57)
Anita Fogacci