Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciúmes

Ciúmes

Esta febre maligna que me assola
Com a força voraz de um deus ruim
Sinto frio e calor na mesma hora
Como  a peste que dar para destruir
Sou refém das intrigas da maldade
A fealdade se deitou por sobre mim
Um espírito mundano me afronta
A zombar do meu mal fadado fim
Os meus ossos se desmancham sobre o vento
Sem alento não consigo prosseguir
Fui ferido por um triste sentimento
O maldito ciúme, fez morada bem aqui.

Evan do Carmo
Enviado por Evan do Carmo em 06/10/2007
Reeditado em 08/10/2007
Código do texto: T683575
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evan do Carmo
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 53 anos
1052 textos (45535 leituras)
13 áudios (1635 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 00:47)
Evan do Carmo