Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Incoerências

São cinco dias desde a separação. Cinco dias em que não o vi, cinco dias em que não falei com você.

{Os cinco dias em que você esteve mais presente em minha vida.  Em pensamentos, reminiscências, lembranças, em cada poesia, cada roupa, cada milímetro vazio da cama, cada cigarro, cada filme... Em tudo.}

Cinco dias em que me recuso à sair de casa - exceto para o trabalho. {E cada pedacinho da casa é você em mim.} São cinco dias. Dias em que consolo nenhum me serviu, em que qualquer tentativa de sono foi interrompida por sonhos em que me pedia pra voltar.


Crises de choro. Solos de guitarra que não fazem nenhum sentido. Letras de música que não se encaixam em ritmo nenhum. {Você me tornou mulher e se foi - levou minha inspiração, minha vontade de continuar.}

Fui eu quem escolhi ficar longe. Fui eu quem não atendi às ligações.


{...Só não sabia que ia ficar tão sensível e vulnerável sem você aqui pra me aquecer.}

Eu só queria poder voltar a ser a menininha sem preocupações de novo - correndo pelo meu eterno jardim, inocente, sem ter que pensar em como é ruim viver da sua ausência. {...e descobrir porque tudo fica tão incoerente quando não estou ao seu lado.}

Nica
Enviado por Nica em 08/10/2007
Reeditado em 29/02/2008
Código do texto: T686092

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nica
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
45 textos (3396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:20)
Nica