Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Naufrágio do Império

                         


Adormeceram as bolhas de espuma no doirado do areal
Extenuadas por cavalgarem na crista das ondas
Do mar português diluído na universalidade.
Foi o seu fado e foi a sua ambição
Mas a inspiração lusíada amedrontada
Desmoronou-se na alvorada do quinto império
Sem que se cumprisse o prenúncio
De uma carta astral desvirtuada
Onde as coordenadas falseavam homéricas epopeias
E as ninfas pressagiavam jubilosas aventuras
A glória e a paixão aguardavam ansiosas
Mirando nos espelhos lazúli dos profundos oceanos
Que os intrépidos marujos lusos
Se elevassem nos feitos vaticinados pelas pitonisas
Num bailado de apoteótico delírio.

Não se consumou a História
A bonança rolou das cabeças
Estiolando-se na agitação da maresia.
Os amores esvaneceram-se em insónias continuadas
Os braços caíram cansados pela fúria das velas estiraçadas
Incapazes de manobrar as barcaças dos agouros
Trágicas sobras dos consecutivos naufrágios.

A demência derramou a sofreguidão nas gargantas roucas
E os mestres capitães conjuraram uma redentora planície de Abril
Semeando de cravos um nevoeiro promissor
Perfume novo para um lacerado Portugal caduco.

Cortadas as flores regressou a esterilidade
Os arautos da mudança acabaram por enlouquecer
Enleados nas teias das suas fantasistas euforias
E o Império soçobrou
Nos desfasados hemisférios da fadiga nacional.


Moisés Salgado
alestedoparaiso
Enviado por alestedoparaiso em 09/10/2007
Código do texto: T686571

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
alestedoparaiso
Portugal
209 textos (4180 leituras)
38 áudios (1068 audições)
2 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:53)
alestedoparaiso