Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEVANEIO AÇUCARADO

Solene busca, é a música
Infiltrando n’alma perdida, uva
Sangrando desde cedo, como faço com as veias
Pulando corda, pouco secretar
Invadindo fulgurantes páginas duma vida
Arco na seta, em tudo um alerta.

Segredos
Desejos
Loucuras de poeta
Azulejando o fundo do oceano
Tais abelhas no hexágono
Mexericam forças a abluir.

Sem olhos, o marisco de galocha
Lecionando aos párocos da areia
Meia dúzia de responsáveis sanidades
Interlocutoras ciosas, tornados
Tornando os ares mais equivocáveis, mais sumosos...
Mais amados.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 10/10/2007
Reeditado em 24/04/2008
Código do texto: T689195

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
732 textos (34318 leituras)
1 e-livros (249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 10:11)
Cesar Poletto