Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM TI, Ó SONHO!

Há quantas acho-me igual a ti
A quantas?
Sofro pelo dó a avançar no ré? Impiedosamente
Sem castas virulências esquivadas
Um pé de enxada que cavouca [diz a voz rouca]
Apego sórdido e o fórceps lânguido; mascavo
Açucarando, açucarando, açucarando
Ó minha mais eficaz e reluzente diabete!
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 11/10/2007
Reeditado em 24/04/2008
Código do texto: T690630

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
732 textos (34292 leituras)
1 e-livros (249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 23:34)
Cesar Poletto