Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[Sinais no Mundo - Uma Reflexão Sobre a Queda]

Em clara consciência, a tudo assisto vivo,
mas preso à rocha das circunstâncias!
Minha ciência me abandona no Estação,
sei que devo agir sem esperança,
faz horas que o trem partiu...

Há sim, sinais no mundo;
como pode alguém dizer que não?!
Antes da ação, antes da encruzilhada,
havia marcas claras e distintas
de que o gerúndio dos sonhos
despetalava-se em particípio passado.

Mas havia marcas... havia sim;
nada fizemos pelo ser da relação,
e agora, não somos mais,
pois, todo o [nosso] espaço de ser
submergiu-se na voragem do Nada!

E daí, essa queda em disparada,
essa perda, essa algia,
que termina em absurda fé,
ou crença na infinitude!
__________
[Penas do Desterro, 12 de outubro de 2007]
Carlos Rodolfo Stopa
Enviado por Carlos Rodolfo Stopa em 12/10/2007
Reeditado em 10/07/2012
Código do texto: T691236
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Carlos Rodolfo Stopa e o site http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=1377). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Rodolfo Stopa
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
979 textos (48707 leituras)
33 áudios (3326 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 04:04)
Carlos Rodolfo Stopa