Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VIDA É AMOR, AMOR... 
ALICERCE IMPRESCINDÍVEL

Evaldo da Veiga

Quando você me deixa de lado eu sinto tua falta,
mas eu acho que é isso que acontece com toda gente.
Belo é o  amor... eu amo o amor.  
E sem você amor, inexiste vida.
É o que percebo nesses longos anos...

Retirando o amor
que é tempero imprescindível
de se fazer um viver,
o que se sente na vida é uma vida sem gosto,
uma vida morta é o que se deve dizer.

Na vida onde existe um mundo de bens,
os movimentos são sinais de verdadeira vida.
Vida tem que ter tempero, sem tempero não tem viver.
Um pouquinho aqui, outro acolá,
mas sem o amor não existe tempero que consiga temperar.

O insalubre tem as portas sempre abertas,
tornando o alimento difícil de alimentar,
se inexiste uma pitadinha de amor...
Só se bebe e verdadeiramente só se come,
energizando vida, se temperado no amor.

Sem amor é caminhar sem ir, e se for,
vai-se a lugar nenhum.

Imagem: Foto do Guilherme, meu neto
                em fase recém nascido, sorrindo 
                para a vida. Isso é amor.

evldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 13/10/2007
Reeditado em 14/10/2007
Código do texto: T692650

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 74 anos
952 textos (314224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 02:40)
Evaldo da Veiga