Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estação

Mais um dia se vai e meus olhos vagueiam sobre a velha e puída estação. O abandono grita um mudo lamento, que vela seu sono de morte, seus trilhos de lugar nenhum. Hoje, somente tardios passageiros apinhados de memórias esperam na plataforma. Há tantas partidas adiadas, regressos interrompidos.
É inverno.
AnaGCosta
Enviado por AnaGCosta em 14/10/2007
Reeditado em 05/07/2012
Código do texto: T694273

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AnaGCosta
Valparaíso - São Paulo - Brasil
243 textos (19156 leituras)
7 áudios (307 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:16)
AnaGCosta