Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quantos lados te permites ter?

Lados meus, tem tantos...
Tem o lado infantil;
tem o maduro
que, às vezes, acorda de repente
e cresce,
bastando um leve sussurro,
ou um dizer pelo não-dito.
Há o que escreve compulsivamente.
Ou o que escreve inconscientemente.
Há o que lê e julga;
o que fica ponderando
o que foi dito;
o que nao sabe se o que leu
estava mesmo correto
o que, impulsivamente,
executa o que o inconsciente
                                     escreve
mas, esse é reprimido
pelo poderoso lado que censura
Todos esses lados se juntam,
E, de repente, eu me vejo escrevendo
o que eu estou pensando, quase mecanicamente,
e, ao mesmo tempo, eu vou lendo
e julgando,
e, num sobressalto,
eu apago,
ou publico.

Obs.: Feito a partir de uma pergunta de Simone Aver em uma das nossas interessantes conversas da madrugada.
Arpejo
Enviado por Arpejo em 15/10/2007
Reeditado em 14/11/2007
Código do texto: T694595

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor w o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Arpejo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
83 textos (3514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:39)
Arpejo