Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite de Amor

Conheço-te, deveras!
Teus passos, teu calor
Teu perfume...Qual, lume!
 
Livra-me das noites solitárias
Dos dias cinzentos,
Do vazio que, sorrateiramente
Se apodera de um lugar
Que é só seu ...!
 
Aprisiona-me
No mais profundo calabouço da paixão
A sete chaves, a sete palmos
Sob tua pele, tão tenra e tão macia !
 
Ensina-me a não me esquecer
Do mais doce sabor de seus lábios
Tatuados nos meus,
Aviva a chama
Esta, que inflama
E que nos impele
Às noites eternas e tenras
Regadas a beijos molhados,
Vinhos suaves,
Mãos entrelaçadas
E corações ardentes
Cujo fogo só é amainado
Com o despontar da aurora,
Vencidos e felizes
Pelo profundo sono
Digno dos fervorosos
súditos de Afrodite.
Marcio Roque
Enviado por Marcio Roque em 16/10/2007
Código do texto: T696017
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcio Roque
São Paulo - São Paulo - Brasil
118 textos (5398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 11:40)
Marcio Roque