Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem

Às vezes me pego sentado por aqui
Como quem está às margens de um rio
E fica olhando a correnteza horas a fio
E se esquece do mundo e esquece de si.

Finjo estar à busca de um  tesouro
E que entendo de velas e de vento
Que meu barco viajou no tempo
Vindo parar neste ancoradouro

Não sei qual será meu próximo porto
Mas sei que estou na vida de passagem
Como esta flor, aquela nuvem, esta aragem
E que navegarei por outros rios e mares
Mesmo depois de me findar o corpo
Grácio Reis
Enviado por Grácio Reis em 20/10/2007
Reeditado em 05/11/2008
Código do texto: T701741

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Grácio Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
1315 textos (51500 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:49)
Grácio Reis