Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pequeno texto sobre minha infância já adulta

A porta brincava comigo. Ora abria, ora fechava, ora fingia que iria fechar-se, ora semi-aberta me pirraçava, ora rangia, ora escutava, ora oscilava, ora sorria, ora travava, ora não sabia onde eu estava, e eu chorava, sonhava com algo que eu não tinha, mas queria, e ninguém dava, eu e a porta, só alegria, só a tristeza que eu não esperava, mas ela vinha, me surpreendia e eu aceitava, a porta calava, eu me calava, a porta batia, eu acordava.

08 de agosto de 2005
Teco Sodré
Enviado por Teco Sodré em 11/11/2005
Reeditado em 21/01/2012
Código do texto: T70207

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teco Sodré
Salvador - Bahia - Brasil, 38 anos
274 textos (12540 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:25)
Teco Sodré