Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta, só quem vê-lo e .........

Poeta, só quem vê-lo e ouvi-lo pode dizer!
Ser poeta é estar conectado a uma sintonia solene. Todos, por muito querer, podem ser escritores, mas poucos, bem poucos, são poetas.
Poeta, só quem vê-lo e ouvi-lo pode dizer!
Uns me perguntam:
- Por que gasta seu tempo há escrever? Então lhes digo!
- Não gasto tempo. Imortalizo-o!
Ser poeta é escrever pelo simples prazer de escrever e nada mais.
Poetas, trovadores, loucos, gênios......; vários nomes os dão, mas todos com o mesmo significado.
Escrevo para sorrir, escrevo para chorar, escrevo para sonhar, escrevo pelo simples fato de não ter nada para fazer.
Poeta, só quem vê-lo e ouvi-lo pode dizer!
Enganar-se-ão aqueles que pensarem que ser poeta é escrever palavras arcaicas e de difícil entendimento. Também não são aqueles  que mal escrevê-lo sabe.
Só sei que ser poeta é partir de um vácuo obscuro e transcendenta-lo com um feixe de luz...... ; um feixe de luz chamado poesia.
Poeta, só quem vê-lo e ouvi-lo pode dizer!
Alan Brito de Mello
Enviado por Alan Brito de Mello em 20/10/2007
Reeditado em 12/02/2008
Código do texto: T702146

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Alanbrito de mello) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alan Brito de Mello
Poá - São Paulo - Brasil, 28 anos
183 textos (7438 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 09:10)