Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vivente na Interseção

Sou filho de Anúbis e discípulo da Jehuty,
Vivo em missões no mundo dos mortos e vivos.
Andei por oito direções em estudos e guerras,
Descobrindo outras realidades.

Não tenho todas as perguntas e respostas,
Mas Ba e Ka montaram meu precioso Akh.
Em mundos tão estranhos e complexos
Sintonizei essências raras.

Sou um buscador, vivente na interseção
De onde obtenho experiências astrais.
Livre espectro, sem raízes e crias,
Descobridor de filosofias e ciências.

Tenho o semblante do poder da vida e morte
Sou um miscigenado trilhando caminhos,
No Duat e Abismo pesquisei os poderes
Escritos dentro de energias universais.

Não sou servo ou escravo dos neteru, sou apenas um aliado de alguns.


- Mensageiro Obscuro.
Outubro/2007.


-- Glossário --

Abismo = Submundo dos mortos onde os espíritos guerreiam por sua sobrevivência, evitando a segunda morte. Quem sobrevive nessas terras torna-se uma divindade local.

Akh = Termo usado para referir-se a alma imortal conseguida no pós-vida. Resultado da fusão de Ba e Ka que cria o espírito transfigurado que será julgado pelos 42 juízes na Sala das Duas Verdades. Era a força divina, a alma imortal.

Anúbis = Neter egípcio do submundo dos mortos, mumificação, auxiliador no julgamento, representante da imparcialidade e racionalidade. É representado como um homem com cabeça de chacal ou cachorro preto. Seu culto era realizado na cidade de Cynopolis e possui templos-cemitério para o treinamento de seus discípulos e cultistas.

Ba = Correspondia ao espírito, era a parte mental do humano.

Duat = Morada dos deuses egípcios, local místico poderoso onde os deuses passam a maior parte de seu tempo, onde vivem entre seres de grandes potencialidades.

Jehuty = Neter egípcio do conhecimento, intelectualidade, magia, mistério, ocultismo e Lua. É representado como um homem com cabeça de íbis ou macaco babuíno. Seu culto era realizado na cidade de Hermópolis, onde discípulos e cultistas treinavam seus conhecimentos em templos-biblioteca. É chamado pelos gregos pelo nome de Thoth.

Ka = Estranha dualidade do morto: alma com guardião e corpo vital com gênio protetor.

Neter = Neter é uma palavra em egípcio sem tradução exata. A antiga religião egípcia, diferente do que muitos pensam, cultuava um único deus. Sendo este supremo, eterno, imortal, onisciente, onipresente  e onipotente. Mas este deus aparece de várias formas e aspectos, os neteru (plural de "neter"  no masculino e "netert" no feminino). Os neteru egípcios não eram pessoas imortais  para serem adoradas, mas sim ideais e qualidades para serem honradas e praticadas possuindo aspectos personológicos variados que juntos eram cultuados. Os arqueólogos e egiptólogos que estudaram sobre a antiga religião egípcia, traduziram neteru como deuses e deusas, dando totalmente a informação errônea de que tais seres são forças independentes.
Mensageiro Obscuro
Enviado por Mensageiro Obscuro em 22/10/2007
Reeditado em 05/04/2010
Código do texto: T704657
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mensageiro Obscuro
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
226 textos (21680 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:52)
Mensageiro Obscuro