Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Satélite

Satélite

Orbito silencioso ao teu redor,
como um satélite natural,
me alimentando da tua luz,
acompanhando teu translado.

Não tenho vida própria,
sequer uma rotação,
sujeito a teus humores e ações,
dançando tuas canções.

Sou fruto da tua opulência,
escravo dos teus desejos,
um simples monema *,
obscuro e invisível coadjuvante.

Calado, aguardo meu momento,
a hora certa de entrar em cena e brilhar,
mostrar que posso estar à tua altura,
te seduzir, te confundir, te conquistar.

Quando a chance vier, estarei mais que preparado,
inundado de paixão, no controle pleno das emoções,
assumirei o lugar que me é designado, o eternamente postulado,
e aí meu amor, jamais sairei do teu lado.

Leonardo Andrade

* Monema - unidade mínima de significação, que pode se apresentar como um radical primário, um sufixo ou uma desinência.
Leonardo Andrade
Enviado por Leonardo Andrade em 23/10/2007
Código do texto: T706389

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1506 textos (64300 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:31)
Leonardo Andrade