Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto







Neste canto que é de vida...


Vejo o tempo que envelhece sem perdão.
Tantas coisas na mente me obrigam a correr nas horas.

Sem vacilo, eu corro e abro a janela pra ver o sol que está lá fora me chamando.

Sorriso nos lábios, portas abertas, coração também...

Brinco na manhã e vejo seu jeito inocente de quem não percebe que as flores estão se abrindo.

Observo a vida voando entre meus sonhos e corro mais ainda.

Sinto vontade de cantar e canto.
Mas canto sozinha, um canto sereno e só meu.

Assim, ninguém vai notar os erros e o desafinar da minha voz,  pois os pássaros cantam mais alto e cantam pra todos.

Se uma lágrima descer pelo rosto, não é tristeza...
É só um manifesto de emoção, antecedente ao sorriso que está por vir.

É a vida sem maiores detalhes, mas com um certo ar de felicidade, que através do amor, vai me deixando assim... Viva.





















Grupo Tradição
Senhorita
(esta é a canção)
Charlyane Mirielle
Enviado por Charlyane Mirielle em 28/10/2007
Reeditado em 28/10/2007
Código do texto: T713247
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Charlyane Mirielle
Londrina - Paraná - Brasil
923 textos (122102 leituras)
8 áudios (1803 audições)
2 e-livros (460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:18)
Charlyane Mirielle