Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que você faria?

O que você faria se depois de anos e anos caminhando num deserto ilimitado e sagaz, com a boca amarga pela falta de água e já sem esperança, um dia visse real oásis, mas duvidando, pois os milhares nos quais te jogaste no momento mesmo de te refrescares, se revelaram aos teus olhos secos, a mais seca e quente das areias... Então, o que você faria, ao ver esse verdadeiro oásis, com algumas árvores e pássaros cantarolando, e água fresca correndo, e flores e mariposas e sombra fresca onde se pudesse descansar e dormir e até mesmo viver e se alimentar das árvores frutíferas, e tocar os lábios ressequidos nas límpidas águas do córrego curto, mas sincero que banha o oásis... O que você faria? O que você sentiria primeiro: alegria?... Beberia?... Não creria...? O que você faria...? Tudo bem, supondo que você caminhasse até o córrego e no ato de se abaixar para tocar suas águas umas voz tonitruante dissesse: "Mas o que faz? Quem te permitiu beber de minha água? A água é pouca, só a mim pode regalar!". Então, assustada você se virasse, e visse aquele que a ti dirige a voz... E falasse: "Desculpe senhor, não sabia que era particular esse lugar..., Mas meu ser precisa tanto dessa água..." e o outro falasse: "Não me importa, a água só a mim serve!” O que você faria? E se dissesse: "Mas estou tão cansada... Chamo-me... Senhor dá a mim um pouco de sua água? E ele: "Já disse, a água só a mim serve... chamo-me Destinus, e se tirar desse córrego uma gota que seja, que não seja para meu prazer, ele e tudo isso que vês, em poeira do deserto se farão... Se quiseres ..., deita sob uma dessas árvore e admira a água. Mas, não esqueça, nunca a toque, senão nem mesmo a sombra que te acalenta terás..." O que você faria? Ficaria ali... Ou ao Deserto voltaria?...
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 28/10/2007
Reeditado em 28/10/2007
Código do texto: T713834
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
700 textos (27908 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 02:51)
Sebastião Alves da Silva