Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poeta

o Poeta

O Poeta tem o dom de eternizar um pensamento, transcrever o mais profundo dos silêncios, preencher de cores vidas em preto & branco, semear sonhos, espargir esperança, despertar o amor adormecido ou até mesmo dissipar as brumas que o mascaram.
O Poeta é um elo entre a quimera e a realidade, é a ponte impossível que os une, é a via de mão dupla que os interliga.
O poeta, escravo do amor, é nômade, perambula entre alcovas e portos sem jamais fincar raízes, pois seu dono e senhor, o amor, o mesmo que lhe dá asas e ensinou a voar não lhe permite assentar, há muito o que conhecer, visitar, conquistar e disseminar, na sua visão, ele não pode se restringir a um posto demarcado, deve permanecer aberto a todas as possibilidades e permanentemente livre para seguir onde o vento sussurrar.
O Poeta tem a benção da eternidade de suas palavras e a maldição de só  poder segui-las por um poema. O  próximo, escrito sobre costas nuas e pernas entrelaçadas as suas, um  chamado da noite ou convite da lua, trará novas mentiras sinceras ou verdades restritas que se espalharam no ar ao amanhecer.
Sua missão é árdua e infinita, ele jamais pode parar, até porque, suas asas de cera um dia irão descolar.

Leonardo Andrade
Leonardo Andrade
Enviado por Leonardo Andrade em 29/10/2007
Código do texto: T715106

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1523 textos (65023 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:49)
Leonardo Andrade