Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR SEM GLAMOUR

                A visão do homem e da mulher em relação ao amor são tão distantes quanto é a visão do homem em relação às demais coisas.
               Com óticas completamente diferentes para a mesma realidade o homem olha para a mulher com aquele olhar de macaco no cio enquanto que a mulher olhar para o homem como se ele fosse um príncipe assexuado...
               Enquanto o homem analisa a bunda e os seios da mulher, ela pensa em casar e ter filhos e em poucos minutos, depois do primeiro encontro, já se vê com um ou dois filhos e as crianças já têm até nomes em sua mente. Outras já têm nome dos filhos, antes mesmo de encontrar um pai para eles... O que ela não sabe é que aquele príncipe jamais passará de um sapo. E ele, salvo raríssimas exceções, quando terminar de transar com ela, (se conseguir no primeiro encontro ela ta ferrada), já estará pensando qual será a próxima que irá pegar... Depois com a convivência as coisas até podem mudar e o homem pode se apaixonar enquanto a mulher, com certeza irá se desapaixonar, pois o seu “príncipe” deixa as roupas jogadas pela casa, nem sempre quer tomar banho, adora futebol e um controle remoto, não fala de outra coisa senão: cerveja e mulheres nessa ordem ou vice-versa... Urinar no vaso sanitário todo e muitas vezes nem dá descarga... E aqueles que têm a mania de coçar o saco então, estes podem ter certeza, são o tipo Zé. Acrescente a este tipo o fato de que ele cospe o dia inteiro (dá a impressão que engole mosquitos toda hora e tem que cuspir).
                Já ela, agora que tem um marido, descobre que o príncipe, está na novela das oito, e que o seu marido, é um inútil, um imprestável que nunca passou de um sapo e que ela mesma jamais será uma Cinderela, e com ele não passa de uma perereca feia, gorda e sem graça e na realidade é no que acaba realmente se tornando...
Infelizmente, esta visão de Zé e de Maria tem que acabar. O homem tem que olhar para a sua mulher, aquela que lhe conquistou o coração como algo que floresce todos os dias, que tem um brilho especial e que lhe dá forças e energia para ser o que é. Só assim a relação destes dois pode dar certo, isto melhora quando ambos têm um pouco mais de educação e cultura...
                E ela tem que parar de olhar para o seu homem como um príncipe que virou sapo e descobrir neste sapo o príncipe que ele realmente é, sim pois com incentivo, todos melhoram e mudam, basta usar do “jeitinho” que só a mulher sabe usar, quando quer...
Esta visão distorcida do homem em relação à mulher e da mulher em relação ao homem só irá se modificar o dia em que o homem for mais sensível e não tiver medo desta sensibilidade, como algo que possa afetar a sua masculinidade...
                Tudo isto eu estou escrevendo para colocar na cabeça das pessoas que elas podem mudar, se quiserem. Podem melhorar se decidirem que isto é bom, e que um incentivo pode ser importante...
Esta crônica tem um aspecto humorado das relações, mas que não passa de uma verdade, onde muita gente vai se encontrar ou descobrir alguém que conhece e que se classifica perfeitamente como “Zé” e muitas “Marias” (que me desculpem as Marias que não se enquadrem neste estereótipo, mas eu não saberia que outro nome dar a esta mulher).
               Que isto sirva de reflexão para cada um de vocês como serviu de reflexão na minha vida e me tornou uma pessoa mais flexível e observadora, para evitar (embora possa ainda pecar nisto em alguns aspectos, pois não consigo ainda dizer todos os dias “eu te amo”, pois acho que isto está implícito no relacionamento, mas não está, portanto serve para mim também).
               E que Deus nos ajude neste caos que é a relação HOMEM-MULHER...



MÁRIO FEIJÓ
Enviado por MÁRIO FEIJÓ em 29/10/2007
Código do texto: T715128
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MÁRIO FEIJÓ
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 65 anos
4765 textos (296002 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:29)
MÁRIO FEIJÓ