Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Estrada...


                        Olhando a estrada sem fim...
   
                        Fiquei parado onde estava

                        Havia uma árvore grande

                        Que me deu sombra e aragem

                        E, ao invés de nela pensar

                        Deitei, dormi sob as folhagens

                        Para renovado acordar.
Literato Noturno
Enviado por Literato Noturno em 07/11/2007
Código do texto: T726891
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Literato Noturno
Itapetininga - São Paulo - Brasil, 42 anos
18 textos (1057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 12:32)
Literato Noturno